26/06/2022

PODCAST PORTUGAL REBELDE PLUS


Já está disponível para audição/download gratuito o episódio de Junho do Podcast Portugal Rebelde Plus. Este mês a nossa seleção inclui as propostas de João Pais Filipe + Brunt Friedman, Miramar + JP Simões, Ême e Moxila, Melquiades, Jamgodub, George Silver e This Penguin Can Fly.
   

25/06/2022

TOMARA | "Ao Sol"


“Ao Sol” é a canção que Filipe C. Monteiro a.k.a Tomara escolheu para apresentar o seu novo álbum “Avalanche”.

"Ao Sol" evidencia desde logo uma mudança na escolha da língua – se no álbum de estreia, "Favourite Ghost" (2017), o inglês era a base das suas letras, “Ao Sol” e o álbum que antecipa foi escrito em português. Para os mais atentos, a edição, no entretanto, de uma versão caseira de “Dias incertos” já antecipava esta escolha. 

"Ao Sol" revela também uma evolução na sonoridade, com a introdução de elementos associados à estética electrónica, ainda que não se desvinculando da folk e do som da guitarra, o seu instrumento de origem. Salienta, igualmente, um reforço na componente rítmica, conjugando com habilidade as batidas virtuais com a bateria de Nuno Sarafa, músico convidado neste novo disco. 

Ao Sol” é a canção que tem a energia certa para mostrar um pouco do que será o meu novo disco, que será editado este Outono. É um disco assertivo, com nervo e com uma pulsação segura. Mantenho o olhar contemplativo, que me define enquanto autor, mas vou perdendo o pudor de assumir que tenho nas mãos o dom de mudar o que não me faz sentido. 

 Cantar em português talvez seja um aspeto que confere assertividade às canções, já que me incita a um discurso direto e significativo. Foi um passo importante e algo quase paradoxal. Durante a pandemia, numa altura em que globalmente estávamos unidos e síncronos, senti a urgência de falar com quem estava mais perto. Só me fez sentido escrever em português.

THE TWIST CONNECTION | Agenda

24/06/2022

DIOGO PICÃO | "Ter Pressa é Não Saber Chegar"


O cantor, compositor, saxofonista e boémio, Diogo Picão, brinda-nos hoje, dia 24 de Junho, com o lançamento do primeiro single do seu tão aguardado novo álbum "Palavras Caras". Em mês de aniversário do Poeta, "Ter pressa é não saber chegar" é um poema de Fernando Pessoa, musicado em forma de homenagem por Diogo Picão. O tema está disponível em todas as plataformas digitais a partir de hoje e conta ainda com um videoclip de Pablo Coronel, cineasta argentino residente em Lisboa.

 

23/06/2022

D´ALVA | "Sala de Espera (feat. Isaura)"


"Sala de Espera" é o mais recente single dos D'ALVA, e conta com a participação da cantora e compositora Isaura. O novo single, sucede “Coração à Descrição” e também faz parte do terceiro trabalho de estúdio da banda, "Somos" com edição prevista para 23 Outubro deste ano. 

A canção já pode ser conhecida a partir de hoje em todas as plataformas de streaming e contará com videoclipe oficial dia 29 de junho. De “Somos” já são conhecidas três faixas “Só a Pensar”, “Honesty Bar ft. Cláudia Pascoal” e “Coração à Discrição”. Surge agora este quarto tema com a participação de mais uma forte voz feminina, que finalmente junta em estúdio Isaura, Alex D’Alva Teixeira, Ben Monteiro e Gonçalo de Almeida.

NOVO ÁTICO | Porto

22/06/2022

MARISA MONTE | Porto


Marisa Monte, um dos maiores nomes da música brasileira e de toda a música cantada em português, está de regresso à cidade do Porto, no dia 28 de junho, na Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota, com os clássicos de sempre e também as novidades que traz na bagagem, frutos do novo disco “Portas”. 

“Portas” é o mais recente disco a solo de Marisa Monte, gravado durante a pandemia e com as bases feitas em estúdio, no Rio de Janeiro. 

Posteriormente, houve sessões remotas em Lisboa, Los Angeles, Madrid, Barcelona e Nova Iorque. O trabalho conta ainda com arranjos de Arthur Verocai, António Neves e Marcelo Camelo, e participações especiais de Seu Jorge e Flor. Todos esses movimentos resultaram num disco global que promete conquistar o público português, também ao vivo: dia 28 de Junho, na Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota, no Porto.

DELFINS ROCK | Rock In Rio


Dia 25 de junho, o Rock in Rio vai ser palco do grande reencontro dos Delfins, 12 anos depois da mítica banda ter dado o seu último concerto em Cascais. O espetáculo que terá lugar no palco Galp Music Valley às 22.15H, vai não só celebrar os grandes êxitos do grupo, como ainda testemunhar em exclusivo no arranque do concerto, a presença de realidade aumentada, numa colaboração com o grupo ETIC (Escola de Tecnologias, Inovação e Criação). 

Será um desfile imparável de êxitos do grupo, relembrando as digressões de meados dos anos 90. A componente visual sempre foi uma preocupação dos Delfins, tendo sido pioneiros em muitas das novas tecnologias da altura, adaptando-as para o seu palco, não podendo esta celebração ficar de fora. Será por isso uma noite única de recordações e de olhos postos no futuro.

SARA CORREIA CONFIRMADA NA WOMEX 2022


Sara Correia foi um dos primeiros nomes anunciados para o WOMEX 2022, que se realiza em Lisboa de 19 a 23 de outubro. A fadista perfila ao lado de nomes como Israel Fernández (Espanha), Pilani Bubu (África do Sul), Firas Zreik (Palestina/USA), Ngulmiya (Austrália) ou Lia de Itamaracá (Brasil) para citar só alguns dos nomes já anunciados. Os primeiros 23 artistas anunciados foram cuidadosamente selecionados pelo júri e representam 24 países naquela que será a 28ª edição do WOMEX.

21/06/2022

MARTA LEVA "MONTEBELLO" A BARCELONA


Pouco mais de um mês depois do lançamento de "Montebello", Marta dá o primeiro passo rumo à tão sonhada internacionalização do seu projeto em nome próprio. A artista portuense atua na próxima segunda-feira, dia 27 de Junho, no New Fizz, uma das salas com mais regular e interessante programação musical em Barcelona. A abertura de portas está marcada para as 20.30h. 

Marta apresentará grande parte dos temas que integram o seu álbum de estreia, num formato de espetáculo mais orgânico e que contará com o saxofonista Hugo Barbosa como convidado especial, além de Gonçalo Fidalgo (guitarra), Ricardo Fidalgo (baixo) e Diogo Freire (percussões), que já a acompanham habitualmente.

LEO MIDDEA LANÇA "SE EU DISSER QUE QUERO UM BEIJO"


Leo Middea, cantor e compositor, brasileiro (carioca), residente em Portugal há cinco anos, acaba de lançar o seu novo single "Se Eu Disser Que Quero Um Beijo", já disponível em todas as plataformas digitais. Este é o primeiro passo para o novo disco, uma canção sobre a busca por afetos. A música vem acompanhada de um vídeoclip que remete para a celebração da vida e à volta de beijos e encontros. 

"Esta é uma música que faz querer correr pro abraço e voltar para um lugar de carinho, aconchego e felicidade. O vídeo e a música também trazem referências de outras décadas, sons e lugares. 

O single teve a composição em Portugal, a produção na Holanda, mas a base e a inspiração vem do Brasil. Também há elementos eletrónicos, percussão gravada em São Paulo pelo músico Kabé Pinheiro e coros femininos inspirados na MPB dos anos 60 e 70. 

É quase uma pesquisa sobre diferentes lugares que a música pode ir e uma tentativa de expor um pouco do que se passa sobre esse meu novo momento”, revela Middea. Leo Middea com o novo tema “Se Eu Disser Que Quero Um Beijo” inaugura uma sequência de novos singles e vídeos que estão a ser preparados ainda para este ano, abrindo caminho para o disco “Gente”.

 

CARTAZ | Concerto

20/06/2022

JOANA GAMA | "Três Tempos"


Parte de um projeto maior – “Esfera” - concebido por André Tentúgal e Henrique Amaro, “Três Tempos” coloca Joana Gama no centro a colaborar com gente com quem nunca tinha trabalhado: Angelica Salvi, Adolfo Luxúria Canibal e Haarvöl. Mais do que uma sensação de encaixe, há uma de convergência, onde os músicos procuram a cada peça encontrar um ponto onde os talentos possam existir em conformidade e num só universo. 

Obviamente que pela versatilidade de Joana Gama fica complicado não desenhar paralelos com outros capítulos da sua carreira – especialmente as suas colaborações com Luís Fernandes – e partir daí para outro lugar qualquer. Mas é aconselhável abstrair-nos desse conhecimento, respirar a cada paragem e abraçar cada uma das três colaborações como um novo oásis. Oportunidade rara de ouvir Joana Gama em vinil.

CHICO DA TINA | Casa da Música

CARTAZ | Concerto

/>